Como vimos no post anterior, os aplicativos nativos do Windows 10 têm lá sua utilidade, que pode ser maior ou menor, conforme aplicativo em si e o perfil do usuário. O problema é que remover aqueles que você reputa desnecessários nem sempre é um procedimento simples e intuitivo, já que a maioria deles não tem desinstalador e tampouco figura na lista de apps desinstaláveis (que, no Windows 10, a gente acessa clicando em Iniciar > Configurações > Aplicativos > Aplicativos e recursos).

Alguns, como News, Money e Get Office, até podem ser desinstalados da maneira usual ― ou seja, dando um clique direito sobre o programinha que não se deseja manter, selecionando a opção Desinstalar e confirmando em seguida ―, mas isso não é regra geral.

Note que esses apps não são vorazes consumidores de espaço e de recursos do computador. Se você prefere que algum deles seja exibido nos tiles (blocos) do menu Iniciar, CONTINUE LENDO EM fernandomelis.blogspot.com.br/2017/12/como-remover-apps-nativos-do-windows-10_27.html