Em princípio, a gravação dos dados no cache (ou buffer) da unidade de memória de massa resulta num melhor desempenho do sistema, mas o fato é que isso depende do SSD que seu computador utiliza ― alguns modelos funcionam melhor com o recurso habilitado, enquanto outros apresentam resultados superiores com ele desativado.

O jeito, então, é recorrer ao velho método da tentativa e erro, ou seja, habilitar (ou desabilitar, conforme o caso) a gravação em cache e usar a máquina durante algum tempo, de modo a avaliar se vale ou não a pena manter a nova configuração... CONTINUE LENDO EM https://fernandomelis.blogspot.com.br/2017/12/melhorando-o-desempenho-do-computador.html